1. Home
  2. Configurando
  3. OpMon
  4. Instalando
  5. Instalando Agente OpMon em Red Hat e CentOS
  1. Home
  2. Downloads
  3. Agentes
  4. Linux
  5. Instalando Agente OpMon em Red Hat e CentOS

Instalando Agente OpMon em Red Hat e CentOS

Objetivo

Descrever os procedimentos para instalação automatizada do agente de monitoramento em ambientes Linux, a fim de monitorar com o OpMon.

Público-alvo

Destinado aos administradores do OpMon e as equipes de TI que já estão familiarizadas com a instalação de aplicações do Linux e configuração do OpMon para monitorar equipamentos rodando RedHat, CentOS, entre outras distribuições.

Solução

Com o intuito de otimizar o processo de instalação do agente Linux, a OpServices criou um pacote de instalação automatizada, contendo o NRPE + NagiosPlugins + OpServicesPlugins, basta seguir os passos abaixo.

Sistemas Suportados

1) Configurando o repositório

Crie o arquivo OpMon-Base.repo, conforme indicado abaixo. Ou utilize este link para baixar o arquivo OpMon-Base.repo no diretório /etc/yum.repos.d/:

[root@opmon]# vi /etc/yum.repos.d/OpMon-Base.repo

Adicione o conteúdo abaixo neste arquivo:

[opmon-base]
name=OpMon-$YUM0 - Base
baseurl=http://repo.opservices.com.br/rpms/$releasever/opmon$YUM0/base/$basearch/
enabled=1
gpgcheck=0

[opmon-extras]
name=OpMon-$YUM0 - Extras
baseurl=http://repo.opservices.com.br/rpms/$releasever/opmon$YUM0/extras/$basearch/
enabled=1
gpgcheck=0

2) Executando a instalação

Configure o ambiente para a versão atual disponível do OpMon, nesse caso a 7.

[root@opmon]# export YUM0=7

Limpe o cache de instalações anteriores.

[root@opmon]# yum clean all

Execute a instalação.

root@opmon]# yum install opmon-nagios-plugins opmon-nrpe opmon-plugins -y

3) Testando os Plugins

Para validarmos se os plugins estão funcionando, façamos alguns testes. Se tudo estiver certo, o resultado deve ser similar ao demonstrado.

[root@localhost]# cd /usr/local/opmon/libexec/
[root@localhost libexec]# ./check_load
check_load: Could not parse arguments
Usage:
check_load [-r] -w WLOAD1,WLOAD5,WLOAD15 -c CLOAD1,CLOAD5,CLOAD15
[root@localhost libexec]# ./check_http -H www.google.com
HTTP OK: HTTP/1.1 302 Found - 1009 bytes in 0.219 second response time |time=0.218719s;;;0.000000

4) Testando o acesso localmente

Para verificar se a porta 5666 está aberta para conexões use o comando abaixo e verifique se a saída está similar.

[root@localhost]# netstat -vantup | grep 5666
tcp 0 0 0.0.0.0:5666 0.0.0.0:* LISTEN 2202/xinetd

Para verificar a comunicação NRPE

[root@localhost]# /usr/local/opmon/libexec/check_nrpe -H 127.0.0.1
NRPE v2.13

5) Testando o acesso pelo OpMon

A partir da console do OpMon , podemos verificar a comunicação no NRPE ao executar o comando abaixo, colocando o IP_DO_SERVIDOR, onde acabamos de instalar o agente.

[root@opmon]# /usr/local/opmon/libexec/check_nrpe -H IP_DO_SERVIDOR
NRPE v2.13

Executando uma consulta de load através do NRPE.

[root@opmon]# /usr/local/opmon/libexec/check_nrpe -H IP_SERVIDOR -c check_load -a none
OK - load average: 0.02,0.03,0.00|load1=0.020;15.000;30.000;0;load5=0.030;10.000;25.000;0;load15=0.000;5.000;20.000;0;

Tudo certo, e agora?

Após concluído o processo de instalação, o próximo passo é colocar o servidor para monitorar, para isto você pode acessar nossa base de Plugins, acesse para entender um pouco mais.

Updated on outubro 28, 2019

Was this article helpful?