1. Home
  2. Configurando
  3. OpMon
  4. Gerenciamento
  5. Adicionando elementos ao OpMon através de um arquivo .csv

Adicionando elementos ao OpMon através de um arquivo .csv

Objetivo

Descrever o passo a passo para que sejam adicionados elementos a partir de um arquivo .csv.

Público-alvo

Administradores do OpMon que necessitam fazer a inclusão de elementos a partir de um arquivo .csv.

Sobre o Modelo de arquivo para importação

O padrão para importação segue as seguintes diretrizes:

a) Os campos devem ser separados por “,” (vírgula);

b) A sequência dos elementos é a seguinte:
host_template,host_group,host_name,description,address

Importante: A primeira linha do arquivo deverá conter a identificação dos elementos, conforme acima. Os elementos propriamente dito deverão ser inclusos abaixo da sua respectiva coluna de identificação.

c) O arquivo deve possuir o formato .csv

d) O campo host_template deve estar previamente cadastrado no OpMon, este campo será validado no momento da importação, caso não seja um campo válido a importação não ocorrerá. Os serviços monitorados serão oriundos do template selecionado.

Disponibilizamos um modelo de arquivo .csv para que você possa utilizá-lo como padrão, clique aqui para realizar o download do arquivo.

Pré-requisitos:

  • Possuir acesso via SSH ao servidor.

Importando o arquivo

a) Acesse o terminal do OpMon como “root”;

b) envie o arquivo criado para o OpMon (neste exemplo utilizaremos o arquivo “servidores.csv” e importaremos para o diretório “root”);

c) faça a importação do arquivo utilizando o seguinte comando:

[root@opmon~]# /usr/local/opmon/utils/import-csv-config.php /root/servidores.csv
done.

d) Para que o OpMon inicie o monitoramento dos elementos importados, basta realizar o “export”, que pode ser realizado tanto via comando pelo terminal do OpMon ou através da interface, para realizar via terminal utilize o seguinte comando:

[root@opmon ~]# /usr/local/opmon/utils/opmon-export.php

Ou através da inteface, posicione o mouse sobre o menu “Ferramentas” e em seguida selecione a opção “Configurações”:

14

Se for uma versão anteriro a 7.0, é necessário realizar um “Export”.

Clique em “Export” e em seguida em “Submit new export process”, veja o exemplo abaixo

15

 

 

Updated on novembro 12, 2018

Was this article helpful?