1. Home
  2. Modelos
  3. Stonesoft
  4. Monitoramento Firewall Forcepoint com OpMon

Monitoramento Firewall Forcepoint com OpMon

Objetivo

Use este modelo do OpMon para monitorar através do SNMP os indicadores do firewall Forcepoint. É compatível com SNMP v2c.

Público-alvo

Administradores que necessitam monitorar informações importantes do Firewall Stonesoft utilizando o Modelo de Monitoramento.

Pré-requisitos

  • OpMon 7.0 ou superior;
  • Possuir o SNMP versão 2 ou 1 configurados no equipamento.

Serviços Disponíveis

  • Current Connection: Monitora quantas conexões estão ativas no Firewall.
  • CPU Load: Monitora informações de CPU, tais como: Load, Users is not Okay, Kernel, Okay, Idle, I/O, Hardware, Software and Load in Node.
  • Disk: Monitora informações de disco, tais como Device Name, Size, Used, Free.
  • Packets: Monitora informações de pacotes, tais como Allowed, Discard, Refused e Accounted.
  • Physical Memory: Monitora informações sobre o uso da memória física, tais como Total, Used, Free, Buffer e Cache.
  • Swap: Monitora informações sobre o uso da memória swap, tais como Total, Used e Free.
  • Uptime: Monitora o Uptime do Firewall.

Aplicando o Modelo de Monitoramento Stonesoft Firewall

Na área de gerenciamento de hosts ou de serviços basta clicar no ícone “+” para adicionar um novo Host, conforme abaixo demonstrado:

Nessa área selecione a categoria de modelos “Stonesoft Firewall”:

Em seguida, no modelo Stonesoft Firewall, selecione o botão “Usar este modelo”:

Adicione um novo host para esse monitoramento, para isso clique em “Adicionar novo host manualmente”:

Nessa área insira as informações relativas ao Host, neste caso o Stonesoft Firewall, em questão e em seguida clique em “Criar novo host”:

Nessa área, com o host selecionado clique em “Avançar”:

Em seguida você visualizará uma tela similar a abaixo demonstrada, onde é exibido as informações do IP do Firewalll e informações sobre as credenciais SNMP. Selecione a versão do SNMP e preencha a comunidade, por padrão já é inserido a comunidade public e clique em “Avançar” para iniciar a definição dos serviços que serão monitorados, os serviços deste modelo já vem com sugestão de preenchimento:

Para fazer as definições dos serviços basta navegar entre eles utilizando os botões “Avançar” e “Voltar”:

Após concluída a definição dos serviços, basta avançar até a área de revisão dos itens incluídos. Aproveite para observar que é possível expandir a área de revisão de hosts e serviços, basta clicar no ícone “+” conforme demonstrado:

Nessa área observe que é possível fazer alterações caso necessário. Feitas as definições basta clicar em “Finalizar” para concluir o processo de aplicação do modelo.

Pronto! os elementos foram incluídos com sucesso ao monitoramento.

Updated on janeiro 10, 2018

Was this article helpful?